A rota das esculturas de Michelangelo na Itália

Compartilhar

O pintor, escultor, poeta e arquiteto Michelangelo Buonarroti (1475-1564), nascido em Caprese, comuna italiana na região da Toscana, é um dos mais célebres artistas plásticos de todos os tempos. Suas obras fascinam até as pessoas menos afeitas à arte. Sair em busca das criações de Michelangelo é um dos programas imperdíveis para quem visita a Itália, sobretudo Roma, onde se encontram diversas obras do artista.

Pietà, escultura de Michelangelo que retrata a Virgem Maria segurando o corpo de Cristo

Pietà, a Virgem Maria segurando o corpo de Cristo, na Basílica de São Pedro, no Vaticano

Três das mais famosas esculturas dele estão expostas em igrejas católicas e podem ser apreciadas gratuitamente. Localizada na Basílica de São Pedro (Basilica di San Pietro), no Vaticano, a estátua da Pietà (1498-1500), em que a Virgem Maria segura no colo o corpo de Jesus, impressiona pela riqueza de detalhes, especialmente dos tecidos que vestem a mãe de Cristo. A estátua, esculpida em mármore de Carrara, é protegida por uma parede de cristal à prova de balas.

Cristo Redentor de Michelangelo exposto na Basilica di Santa Maria Sopra Minerva

Cristo Redentor exposto na Basilica di Santa Maria Sopra Minerva, em Roma

Na Basilica di Santa Maria Sopra Minerva, situada perto do Pantheon, na região central de Roma, fica a estátua do Cristo Redentor (1520-1530), esculpida por Michelangelo e finalizada por Pietro Urbano. A Basilica di San Pietro in Vincoli, localizada no topo de uma colina próxima ao Coliseu, abriga a estátua de Moisés (1513-1516), uma das mais primorosas esculturas do artista.

Escultura de Moisés, na Basilica di San Pietro in Vincoli, em Roma

Escultura de Moisés, na Basilica di San Pietro in Vincoli, em Roma

Para ver a imponente estátua de Davi (1501-1504), obra-prima de Michelangelo, é preciso ir à Florença. A escultura é a principal atração da Galleria dell’Accademia, cuja entrada custa 8 euros, mais 4 euros para fazer a reserva pela internet. Até 1873, a estátua, que mede mais de 5 metros, permaneceu em frente ao Palazzo Vecchio, na Piazza della Signoria, onde hoje há uma réplica dela.

A imponente escultura de Davi, destaque da Galleria dell'Accademia

A imponente escultura de Davi, destaque da Galleria dell’Accademia

No Castello Sforzesco, em Milão, é possível apreciar a última criação desse gênio das artes plásticas, a escultura inacabada Pietà Rondanini, trabalhada pelo artista até seus derradeiros dias de vida. Ver os traços iniciais de Jesus e Maria surgindo no bloco de mármore é a peculiaridade dessa obra. O ticket para o museu custa 5 euros.

Escultura inacabada Pietà Rondanini, a última obra de Michelagelo

Escultura inacabada Pietà Rondanini, a última obra de Michelangelo

 

Comentários
Compartilhar