Cinco guloseimas para provar em Nova Iorque

Compartilhar
Pelo cookie com lascas de chocolate e nozes da Levain Bakery, vale desviar a rota

Pelo cookie com lascas de chocolate e nozes da Levain Bakery, vale desviar a rota

Nas férias, há coisa mais gostosa do que comer uma guloseima entre um passeio e outro? Nova Iorque tem tantas confeitarias e padarias que fica até difícil escolher o que experimentar. Não consegui provar tudo que eu queria (era pouco tempo pra muito desejo), mas comi doces memoráveis.

A foto não consegue transmitir o sabor e a textura desse cookie

A foto não consegue transmitir o sabor e a textura desse cookie

Levain Bakery
O cookie com lascas de chocolate e nozes (chocolate chip walnut) dessa padaria é incrível, crocante por fora e cremoso por dentro, certamente o melhor que já comi na vida. Mesmo assim, é possível compartilhar entre duas pessoas, pois é grande para os padrões. O cookie de chocolate amargo também é gostoso, mas muito intenso, o que o deixa um pouco enjoativo. A unidade principal da Levain Bakery fica no Upper West Side, a poucos quarteirões do icônico Dakota Building e do Museu de História Natural. Trata-se de uma loja pequena, com uma fachada singela e apenas um balcão, uma típica padaria de bairro.

Banana pudding da Magnolia Bakery: faz jus a sua fama

Banana pudding da Magnolia Bakery: faz jus a sua fama

Magnolia Bakery
Cenário de filmes e séries de TV, a Magnolia Bakery é um clássico novaiorquino no quesito guloseimas, entre elas: brownies, cupcakes, cookies e o famoso banana pudding, doce feito com bolachas de baunilha, bananas frescas e pudim cremoso de baunilha. São várias lojas espalhadas em pontos estratégicos da cidade, como no Grand Central Terminal, onde apreciei o banana pudding. Só digo uma coisa: faz jus a sua fama!

Fat Witch Bakery: charmosa loja de brownies no Chelsea Market

Fat Witch Bakery: charmosa loja de brownies no Chelsea Market

Fat Witch Bakery
Especializada em brownies, a Fat Witch Bakery fica no Chelsea Market, um mercado charmoso com opções interessantes de comida. São vários sabores de brownies deliciosos e práticos, vendidos em dois tamanhos já embalados. Ótimos para viagem!

kouign-amann: espécie de croissant coberto por açúcar caramelizado

kouign-amann: espécie de croissant coberto por açúcar caramelizado

Dominique Ansel Bakery
Eleito o melhor chef confeiteiro do mundo em 2017, Dominique Ansel tem inovado nesse ramo gastronômico. Em 2013, ganhou fama pela criação do cronut, mistura de croissant e donut que atrai, diariamente, centenas de clientes para sua pequena e charmosa loja no Soho. É claro que tentei provar essa iguaria, mas, quando cheguei ao local, no fim da tarde, já estava esgotada. O atendente disse que, para garantir a experiência, é recomendável ir pela manhã. Na falta dele, provei outra guloseima: o kouign-amann, uma espécie de croissant coberto por açúcar caramelizado, ou seja, uma saborosa bomba calórica. Se o cronut for melhor que o kouign-amann, deve ser sensacional!

Delicioso éclair au chocolat da Maison Kayser

Delicioso éclair au chocolat da Maison Kayser

Maison Kayser
Por falar em bomba, não poderia deixar de fora desta lista o delicioso éclair au chocolat da Maison Kayser, renomada padaria francesa que tem várias unidades em Nova Iorque. Além da bomba de chocolate, há outras opções de doces e pães bem interessantes para um piquenique no Central Park.

Comentários
Compartilhar